Anuário 2013

Terminado mais um ano civil, a FBDP procedeu às alterações necessárias e obrigatórias, do seu anuário, em conformidade com a atual realidade e nas seguintes áreas:

- Associações Humanitárias, nossas federadas, composição atualizada dos seus Órgão Sociais;
- Corpos de Bombeiros, atualização, dos seus diversos quadros (Quadro de Comando, Ativo, Reserva e Assalariados);
- Resumo das atividades da Direção da FBDP respeitante ao ano de 2013;
- Distinções Honoríficas FBDP 2013;
- Veículos de Bombeiros do Distrito do Porto.

Distinções Honoríficas FBDP
Federadas
Pessoal por Quadro
Total km's/horas
Veículos distrito do Porto

O Presidente da Direção
José Miranda

Preços Bombeiros do Norte rejeitam transportar doentes para o IPO

No concurso lançado pelo IPO do Porto para o transporte de doentes com cancro, não foram apresentadas candidaturas por nenhuma das 118 corporações de bombeiros do Norte do País. Isto porque, segundo explicou o presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito do Porto, os preços são “impraticáveis e violam o acordo com o Ministério da Saúde”.

Os bombeiros das corporações do Norte do País recusam-se a transportar doentes com cancro para o IPO do Porto, devido aos custos que tal acarreta. Das 118 corporações, nenhuma apresentou a sua candidatura ao concurso público lançado por aquela instituição, por considerar que os preços praticados são demasiado baixos.  “É aviltante, impraticável e viola o acordo com o Ministério da Saúde”, explicou ao Jornal de Notícias o presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito do Porto, José Miranda, quando teve conhecimento da tabela apresentada por uma das duas empresas privadas candidatas ao transporte de doentes.

Segundo apurou o JN, na candidatura da Luso Ambulâncias, o preço por quilómetro é de 40 cêntimos, três cêntimos abaixo do habitualmente praticado pela empresa privada, um valor que para José Miranda é “20% abaixo do negociado com o Ministério da Saúde, e que é o preço em vigor para os bombeiros, 51 cêntimos/km, valor que já está ‘no osso’.”

O concurso de aquisição de um novo serviço de transporte, para vigorar durante um ano, envolve 10 roteiros e cinco milhões de euros (ou seis milhões de quilómetros), sendo que a estimativa é de 5.500 viagens por ano.

Incapazes de concorrer, os bombeiros do Norte solicitam “que o IPO recue e abra novo concurso com valores justos”. “A 51 cêntimos/km já não temos lucro, mas não podemos trabalhar e ter prejuízo”.

 
Por Notícias Ao Minuto

  • 1222
  • 1333
  • 1444
  • 1555
  • 222
  • 333
  • 444
  • 555
  • 6666
  • 777
  • 888
  • 999
  • aguda
  • amarante
  • areosa-rio-tinto
  • avintes
  • baiao
  • baltar
  • carvalhos
  • cbs-gaia
  • cete
  • coimbroes
  • crestuma
  • efac
  • entre-os-rios
  • freamunde
  • gondomar
  • leca-balio
  • leixoes
  • lixa
  • lordelo
  • lousada
  • marco-de-camaveses
  • melres
  • paco-sousa
  • paredes
  • penafiel
  • portuenses
  • portuenses1
  • rebordosa
  • s-p-cova
  • santo-tirso
  • sm-infesta
  • tirsenses
  • trofa
  • valadares
  • valongo
  • vila-conde